Afinal, o que vamos fazer no Canada?

Esta pergunta tem sido feita com frequencia, seja por amigos ou pessoas que também planejam ir para as terras geladas.

Long story short, cerca de um ano atrás decidimos que tentaríamos a vida em um país que nos proporcionasse maior qualidade de vida. A insatisfação com o Brasil não era novidade, porém levamos um tempo para amadurecer a idéia, traçar um plano e colocá-lo em prática.

Após decisão pelo Canadá, definimos a forma. Confesso que, para mim, a idéia de ir de forma definitiva parecia muito agressiva intensa. Depois de muita pesquisa, definimos: iríamos através de College.

Eu sempre tive vontade de cursar uma pós graduação fora, e essa parecia a oportunidade perfeita. Isso se concretizou quando tomamos conhecimento de que, quando um cônjuge vai estudar full time, o outro automaticamente recebe o Open Work Permit (visto de trabalho aberto, que permite trabalhar 40 horas por semana). Importante ressaltar que essa característica não é válida para cursos de inglês ou cursos vocacionais. Como a área do marido sempre possui muita procura por mão de obra (Engenheiro de Software), essa foi nossa decisão: eu iria estudar e ele iria com o visto de trabalho.

Desta forma, traçamos nosso planejamento, com marcos importantes que deveriam ser atingidos em datas específicas:

  • Escolha da cidade;
  • Seleção de College e Curso;
  • IELTS;
  • Inscrição no College;
  • Aplicação para o visto.

Em paralelo o marido estudaria e se dedicaria de forma hard ao inglês, dado que um ano atrás seu nível era péssimo básico.

Então todos já sabem, no dia 4 de abril embarcamos eu para fazer uma pós graduação e marido com visto de trabalho. Período do curso e, por consequencia, dos nossos vistos é de 02 anos.

Nos próximos posts detalharei cada uma das fases acima. Caso tenham dúvidas, deixem nos comentários que responderei com prazer!

Boa semana a todos!