Nossa escolha: Toronto

Sair do seu país de origem requer muita dedicação e pesquisa, para que as decisões sejam as mais acertadas possíveis. O processo é longo e muitas escolhas tem que ser feitas, e uma das primeiras e mais importantes é: para onde iremos?

Depois que decidimos pelo Canadá, veio a fase de escolher a cidade. No início eu estava 100% bastante focada em Vancouver, por já conhecer a cidade. Em 2001 passei um mês estudando inglês lá, e assim como todos que visitam essa cidade incrível, me apaixonei. Vancouver é a cidade dos sonhos, ampla, cercada de natureza, transporte público funciona, limpa, segura...enfim, é demais! Porém, quando pensamos em mudar, nos estabalecer em outro local, construir uma nova vida, outros fatores importantes também devem ser levados em consideração.

Para nós, os fatores que pesaram (não necessariamente nessa ordem, por são todos importantíssimos):

  • Qualidade de vida: Se estamos saindo do Brasil buscando uma vida melhor, este item jamais poderia ficar fora dessa lista. Toronto é uma cidade bem maior do que Vancouver, porém ainda assim é possível ter uma boa qualidade de vida. Por exemplo, a cidade conta com aproximadamente 1,600 parques, possui uma rede de transporte público que funciona e, acima de tudo, também é bem segura.

High Park, o mais famoso de Toronto

  • Proximidade com o Brasil: Para algumas pessoas, este item é super secundário, porém para nós acabou também pesando na decisão. Ter vôos diretos e em one night over você poder estar de volta caso precise acabou pesando bastante, pois nossos familiares e amigos continuam nas terras tupiniquins. Além disso, o fuso horário acaba sendo bem mais tranquilo, mudando de 1 a 3 horas de diferença, dependendo da época do ano.

  • Empregabilidade: Apesar da área do marido ser boa em qualquer lugar, a minha é bem mais específica. Sempre trabalhei em Bancos de Investimento, e em Vancouver eu jamais conseguiria me recolocar nesta área, é um fato. Além disso, a proximidade de Toronto com outras cidades importantes como Missisauga, que é hoje a 6a maior cidade do país, amplia consideravelmente os horizontes em relação a emprego.

  • De uma grande cidade, para outra: Moramos em São Paulo. Apesar do marido ser gaúcho, reside na selva de pedra há mais de 10 anos. Deixando de lado todos os problemas da cidade, gostamos de ter tudo por aqui, desde passeios culturais, restaurantes, entre outras facilidades. Além disso, gostamos do anonimato que as cidades grandes oferecem. Pensando nisso, acreditamos que nossa adaptação será melhor em Toronto.

A decisão pela cidade não é óbvia, não é fácil, e principalmente é 100% pessoal, com base no perfil, valores de vida e expectativas de cada um, e este post reflete apenas os nossos motivos. Por isso, antes de tomar a decisão, pesquise e pondere bastante, para que seja a mais acertada possível!