Aluguel no Canadá (para newcomers)

Algumas coisas preocupam bastante os recém chegados além da adaptação e se recolocar no mercado de trabalho. Entre elas eu listaria conseguir crédito (mesmo que seja um cartão de crédito), e alugar um local para o 1o ano de estadia. Por incrível que pareça, as duas coisas estão interligadas. Como comentei antes, aqui existe o chamado histórico de crédito, e quando chegamos ele está zerado.

Quando você vai alugar um apartamento aqui, a 1a coisa que o dono do apartamento faria seria justamente pesquisar o seu histórico, para entender se você é um bom pagador. Dado que esta informação não existe, é necessário buscar bastante e às vezes fazer concessões para conseguir o imóvel desejado.

A busca

Ainda no Brasil iniciamos a busca através do Craigslist, Padmapper e Viewit. Entramos em contato com alguns corretores e foi consenso de todos eles dizer que seria difícil o aluguel para uma estudante e uma pessoa apenas com o visto de trabalho, sem oferta formal, ambos sem histórico de crédito, e ainda com mais um complicômetro: um cachorro.

De qualquer forma, listamos alguns apartamentos e já chegamos aqui com visitas agendadas. Centralizamos em uma corretora, que nos levou para ver vários no mesmo dia. Gostamos bastante de um dos apartamentos e decidimos fazer uma proposta.

A Proposta

Para realizar a proposta não basta dizer que você está interessado. Você precisa preencher alguns documentos com seus dados e assiná-los (pode ser assinatura eletrônica, que foi como fizemos). Precisamos também enviar documentos que comprovassem que estamos aqui de forma legal, e para isso enviamos cópia do nosso visto e dos nossos permits. Também precisamos enviar uma cópia da proposta de emprego do marido, que veio logo na 1a semana e facilitou tudo!

Após envio da proposta, o dono possui 24h para te dar uma resposta.

A saga

De primeira, fomos negados. A justificativa foi o cachorro, que estragaria o apartamento que nunca havia sido habitado anteriormente. Como havíamos gostado muito e o preço estava dentro das expectativas, resolvemos insistir e a corretora nos ajudou. Nossa proposta foi colocar uma cláusula de que nos responsabilizaríamos por qualquer dano causado pelo cachorro. Também enviamos mais detalhes, como tamanho da Birita e que ela é treinada.
O retorno foi positivo, porém nos aceitariam com uma condição: um "depósito caução" referente a 1,5 aluguel, chamado de "Pet Deposit". Ou seja, se no final do contrato não tiver nenhum dano causado pela Birita (o que temos certeza que não terá), eles nos devolverão em valor integral.

Resolvemos seguir.

Formalização

O processo é diferente do aluguel no Brasil. Como já havíamos enviado uma proposta com todos os dados, não assinamos um "Contrato", apenas recebemos de volta um documento do dono do apartamento, que aqui é chamando de Landlord, dizendo que nos aceitava como inquilinos, ou tenants.

  • "Entrada": Após recebimento deste documento, tivemos 24h para pagar o1o e o último aluguéis. Este procedimento é padrão e legalizado. Em alguns casos é solicitado mais do que estes dois aluguéis, porém isto é ilegal. Muitos recém chegados acabam seguindo dessa forma pois acaba sendo o único caminho. No nosso caso foram apenas 1o e o último, que é o padrão. Este pagamento é realizado através de Bank Draft. Portanto, antes de fazer uma proposta de aluguel, tenha sua conta já estabelecida, como comentei aqui.

  • Seguro: É necessário a contratação de um seguro para o imóvel. O landlord determina o valor de cobertura que deseja e você cota o seguro. Há bancos que fazem, porém nós realizamos com uma corretora de seguro indicada pela corretora de imóveis. O processo foi bem simples, apenas enviei os dados do imóvel e nossos dados por email, passei por telefone os dados de cartão de crédito e foi feito tudo online.

  • Cheques: Devo dizer que essa foi a maior novidade no processo. Para que você retire as chaves é necessário dar cheques pré datados dos aluguéis faltantes. Ou seja, como você já vai ter pago o 1o e último aluguel via Bank Draft, aqui serão 10 cheques, referentes aos demais meses. Portanto, deixe no radar: se você pretende alugar por aqui, assim que abrir sua conta no Banco local, peça os cheques pois você precisará deles!

  • Hydro: A maioria dos aluguéis aqui não inclui Hydro, que nada mais é do que a eletricidade. Isso pode assustar devido ao aquecimento que é muito usado, porém este não entra na conta. Como não faz parte, é necessário ligar na Toronto Hydro para que uma conta seja criada para você. Precisa das informações de passaporte, endereço do local e data do inicio do contrato. Só isso! Feito por telefone em 10 minutos. É simples, mas importantíssimo.

  • Key Deposit: É normal também ser solicitado o que chamam de key deposit, que nada mais é do que um depósito caução quando você pega as chaves, e que tem de volta quando as retorna. Este também é dado em forma de cheque.

  • Referências: Nos solicitaram duas referências pessoais e uma referência bancária. Isso é super comum aqui também. Eu já tinha solicitado ao meu banco no Brasil, antes de vir, um atestado de idoniedade, que é padrão dos Bancos emitirem. O meu banco no Brasil emitiu já em inglês e foi super útil! Para referências pessoais passei o contato de duas amigas, mas que não foram contatadas.

Retirada das chaves

Para retirada das chaves é importante que todos os itens acima estejam OK: Conta de hydro criada, cheques já preenchidos e assinados, apólice de seguro emitida.

Com tudo isso em mãos é feito o recebimento das chaves.

Lembre-se de pegar recibo de tudo e verificar o apartamento antes de recebê-lo.

Boa sorte no aluguel :)