Passeio pelo Distillery District

Ontem foi o dia de conhecermos o Distillery District, um local que além de muito charmoso também leva consigo uma boa parte da história.

Como o próprio nome já diz, foi uma destilaria, fundada em 1832, atingindo o marco de maior produção mundial de whisky por volta de 1860. Por ali havia produção, ainda que em menor escala, até 1990, quando esta foi finalizada. O distrito, vamos chamar assim, passou por uma revitalização em 2001 e em 2003 foi reaberto ao público. Hoje é um local agradável com restaurantes, lojas e cafés.

Nós aproveitamos o dia bonito que fez ontem para conhecer este lugar pitoresco. Nos chamou a atenção sua arquitetura, toda a base de tijolos, o que faz destas ruas um local bem aconchegante. Apesar de bem conhecido como um dos locais turísticos de Toronto, não encontramos muitos turistas e os restaurantes, apesar de cheios, não possuíam filas.

Algumas fotos e nossa experiência:

Entre as opções de restaurantes, optamos pelo Elcatrin Destileria. O ambiente é lindo, totalmente ao ar livre, e como estava frio e sol, ficou super agradável. As bebidas são boas, porém a comida deixa um pouco a desejar. Pretendemos voltar algum dia a noite, que deve ser lindo, e focar apenas nos drinks. Importante dizer que apesar de ser ao ar livre, há uma boa estrutura de aquecimento, portanto acreditamos que seja agradável mesmo em uma noite um pouco gelada.

Café super charmoso

Depois do almoço, seguimos caminhando pela Queen St E, até a praça do City Hall, onde está o contador para os jogos panamericanos.

O Distillery District fica cerca de 2 km para o Leste do Toronto Eaton Center. A caminhada é super agradável, se o tempo ajudar vale a pena.

Quando vierem a Toronto, não deixem de visitar este local, adoramos!