Sucesso no exterior: a importância da fluência no idioma

Quando falamos em imigração, estudo no exterior, ou mesmo uma temporada de trabalho em um novo país, há inúmeras coisas com as quais nos preocupamos: Vamos nos adaptar? Teremos grana suficiente? Como será o frio? Demorarei muito para fazer amigos? E para arrumar emprego?

Sem dúvida todos estes questionamentos são importantíssimos. Porém percebemos que a preocupação com a fluência do idioma muitas vezes não vem em primeiro plano. E, na nossa opinião e experiência, sem essa fluência dificilmente você conseguirá atingir com sucesso o seu objetivo aqui. Por isso, resolvemos fazer este post em parceria com a Evolve Languages, contando nossa experiência e opinião da Camila Barbosa, proprietária da escola e professora certificada pela Cambridge University.

Quando decidimos nos aventurar em terras geladas, o meu inglês já era bom, eu já usava no trabalho diariamente, estava bem confortável com ele. Porém o inglês do marido possivelmente lhe garantiria apenas um emprego de dishwasher por aqui. Tínhamos 1 ano para melhorar isso, afinal eu viria estudar e ele trabalhar. Percebam que a preocupação aqui não era obter uma boa nota no IELTS, como é da grande maioria, mas sim melhorar o inglês, melhorando as chances de empregabilidade e adaptação. Segundo a Camila, "Um bom curso de inglês vai melhorar o nível do aluno em todos os skills: listening, reading, speaking e writing. Melhorando os skills principais, o IELTS deixa de ser um bicho de sete cabeças, pois esse exame (e qualquer outro, na verdade) foca exatamente nisso." E foi nisso que apostamos.

O marido nunca foi fã de estudar inglês, e esse era o desafio. De início sabia que não queria ir para as escolas tradicionais, pois além de não ser o perfil dele, precisávamos acelerar o processo de aprendizado. E foi aí que em uma conversa inicial com a Camila ele decidiu pela Evolve. A metodologia da Evolve é baseada na abordagem comunicativa, com algumas adaptações para que todas as habilidades sejam trabalhadas, e o formato das aulas é definido com o perfil de cada aluno, sempre tentando motivar o estudo e melhorar o aprendizado. Por exemplo, no caso do Willian as aulas foram 100% via Skype, pois ele não queria ter como desculpa ter que enfrentar o trânsito de SP para isso. Eu diria que a motivação que eu vi do meu marido foi certamente um dos fatores de sucesso para em um ano ele passar de um nível básico para um nível intermediário, conseguindo passar em entrevistas de emprego e garantindo uma boa vaga na sua área de atuação (além de garantir uma nota 6 no IELTS que antes era inimaginável!) . Além das aulas particulares duas vezes por semana, ele se dedicava pelo menos 1h por dia nos demais dias, fosse estudando gramática ou vendo vídeos em inglês; e essa dedicação em aula e fora dela é primordial para o sucesso no aprendizado.

Certamente o investimento nesse ano, no idioma, valeu demais! Como sabem, ele foi empregado rapidamente aqui, e certamente o retorno já veio! Portanto pessoal, nossa dica é essa: o barato pode sair caro. Invista em você, estude, pois quando chegar aqui sem um bom inglês o sucesso será bem mais complicado!

Para mais informações sobre a Evolve: [email protected]

Boa sorte a todo e bons estudos!